Tel.:

Entenda a relação entre a alimentação e o estresse

Nos tempos atuais, a doença que mais atinge o ser humano é o estresse. Cerca de 18% da população de São Paulo sofre deste mal, seja ele de qualquer natureza (físico, psicológico ou social). Entretanto, uma alimentação equilibrada pode ajudar no controle e na prevenção desse problema.

O que significa ser estressado?

 

O estresse é um aglomerado de reações fisiológicas que, em excesso, levam a um desequilíbrio no organismo. O pesquisador canadense, Hans Salye, descreveu os sintomas do estresse em 1936, apresentando três fases: alarme, resistência e esgotamento. Segundo a sua pesquisa, logo após a terceira fase ocorre o aparecimento de várias doenças, como problemas gastrointestinais, hipertensão, doenças cardiovasculares, dores musculares, queda de cabelo, entre outras.

O estresse crônico é o tipo que mais atinge as pessoas atualmente, isso porque é o mais constante e o que progride de forma acumulativa no dia-a-dia. Já o estresse agudo é mais intenso e rápido, geralmente causado por situações passageiras, como a perda de um ente querido.

As principais causas do estresse são: alimentação incorreta, sobrecarga (pessoal ou profissional), fumo, baixa autoestima, medo, trânsito, entre outras. É por essa razão que se alimentar adequadamente é uma das etapas mais importantes para ter mais controle e prevenção sobre essa condição adversa. A ansiedade decorrente das preocupações pode gerar insônia, comer demasiadamente, ou ao contrário, comer pouco demais. Os maus hábitos alimentares, como ingestão excessiva de cafeína, açúcar e sal, podem ser agravantes da condição.

Durante o processo de estresse, o organismo ainda perde diversos nutrientes, vitaminas e minerais. Perdas que devem ser repostas pela a ingestão de verduras (brócolis, chicória, acelga e alface) e frutas, pois são ricas em vitaminas do complexo B e C, além de alguns minerais como magnésio e manganês. O cálcio deve ser reposto, por exemplo, pela ingestão de leite e seus derivados. A principal dica é consumir alimentos naturais de cores diferentes. Quanto mais colorido for o prato, mais substâncias que combatem os radicais livres, vitaminas e minerais serão ingeridos.

Além disso, atividades físicas devem ser feitas para melhorar as funções cardiovasculares e respiratórias. Além de distrair sua atenção dos problemas do cotidiano, ainda fortalecem a sua musculatura.

Nós, da Light Chef, oferecemos diversas opções de refeições saborosas, saudáveis e equilibradas que auxiliam na reeducação alimentar, confira!

LF comercio de alimentos LTDA - 20740357/0001-13

Rua Manuel Garcia 253 A - Casa Verde, São Paulo - SP

© Lightchef 2019 - Todos os direitos reservados

Faça seu login

Clique aqui caso já possuía cadastro na loja antiga ou se esqueceu sua senha Ainda não tem cadastro?
Clique aqui para cadastrar-se

Cadastre-se

Adicionar cartão

Alterar cartão

Carrinho
Carrinho vazio