A alimentação ideal para quem sofre com a enxaqueca deve ser rica em alimentos como peixes e pobre em alimentos estimulantes do sistema nervoso, como o chá verde e café. Sendo importante também não ficar sem comer por muito tempo, especialmente em situações estressantes e de tensão.

O cuidado com a alimentação deve ser feito sempre, mesmo quando não estão ocorrendo as crises. Além disso, é essencial procurar um neurologista para que ele possa avaliar a necessidade de fazer algum tipo de orientação e tratamento medicamentoso.

Alimentos que melhoram a enxaqueca

Existem diversos alimentos que diminuem as crises de enxaqueca, em geral, são os alimentos com propriedades calmantes e que tem ação anti-inflamatória. Alguns desses alimentos são:

  • Peixes ricos em gorduras, como o salmão, atum e sardinha, pois possuem muito ômega 3;
  • Leite, queijos e banana, pois são ricos em triptofano e aumentam os níveis de serotonina, um dos hormônios responsáveis pela sensação de bem-estar;
  • Castanhas, amêndoas e amendoim, pois tem alta concentração de selênio, mineral que auxilia no controle do estresse;
  • Sementes de chia e linhaça, pois tem uma boa quantidade de ômega-3;
  • Chá de gengibre, pois possui ação analgésica e anti-inflamatória, auxiliando no controle da dor;
  • Chás com flores de lavanda e com as folhas do maracujá também são excelentes calmantes e promovem sensação de bem-estar.

O consumo de alimentos ricos em vitaminas do complexo B, como feijão, lentilha e grão de bico, também ajuda a prevenir a enxaqueca porque essa vitamina ajuda a proteger o sistema nervoso central.

Alimentos que causam enxaqueca

Alguns alimentos devem ser evitados quando estamos tratando a enxaqueca, em geral, são os alimentos que estimulam o sistema nervoso e produtos ricos em corantes e aditivos artificiais. Alguns desses alimentos são:

  • Bebidas alcoólicas;
  • Pimentas e temperos prontos, como cubos de carne e frango;
  • Café, refrigerantes e bebidas energéticas;
  • Chá verde, chá mate e chá preto;
  • Carnes processadas, como presunto, salame, linguiça e salsicha;
  • Sopas prontas e macarrão instantâneo.

Esses são apenas alguns dos alimentos que podem desencadear uma crise de enxaqueca ou agravar o quadro a longo prazo, porém, é importante identificar a individualidade de cada um, ficando atento a quais alimentos geram esse tipo de problema no dia-a-dia. Uma forma de fazer esse controle é através de um diário alimentar simples, anotando o que foi consumido ao longo do dia e se você teve ou não uma crise.

Nós, da Lightchef oferecemos diversas opções de refeições balanceadas, que auxiliam no combate e alívio da enxaqueca, confira!

Comentário Facebook